13 de jan de 2012

Criador do jipe Niva celebra aniversário e ganha biografia.

Piotr Prusov, que completou 70 anos no início do mês, terá sua biografia lançada no dia 20 de janeiro.




No dia 6 de janeiro de 2012, o ex-construtor-chefe da montadora AvtoVaz e autor do projeto do veículo utilitário esportivo NIVA, Piotr Prusov, completou 70 anos. Como parte das celebrações, no próximo dia 20 será lançado “Piotr Prusov”, biografia da escritora Diana Stukanovaia. O livro integra a série “A arte da AvtoVAZ”, e retrata a vida do criador do legendário automóvel Niva.






Produzido a partir de 1977, o Niva esteve entre os três melhores automóveis do mundo em 1979. Apesar das reviravoltas do mercado, o veículo continua a ter demanda tanto no mercado interno como no externo. Não é para menos: sua concepção tecnológica foi revolucionária. O Niva foi o primeiro off-road a utilizar peças-base de veículos leves.



Primeiro projeto independente da montadora AvtoVAZ, foi também seu maior sucesso. A concepção tecnológica do Niva antecipou tendências globais, e só foi alcançada pelo Japão em 1990. O Niva foi o único veículo soviético importado pelo país asiático para venda no mercado interno, e até hoje se encontram lá fã-clubes do carro.







O off-road foi sucesso de vendas nos mais de 100 países onde foi vendido - completo ou no formato “Kit-Car” -, como Brasil, Equador, Chile, Panamá, Grécia e Canadá. Na Nova Zelândia, na década de 80, o Niva representava 40% dos veículos utilitários esportivos registrados no país, e na Áustria deteve 90% do mercado off-road durante anos. Além disso, o automóvel foi um ícone na França durante muito tempo.







Durante mais de 15 anos o veículo foi o principal meio de transporte da antiga estação soviética “Bellinsgausen” na Antártica, e arrebatou dezenas de vitórias em ralis internacionais, inclusive o Paris-Dakar. Em 1998, o Niva alcançou o Pólo Norte e, sem suporte de outros veículos ou técnicas, alcançou uma altitude de 5.200 m na serra do Everest (República do Nepal).






Em 1999, o Niva acompanhou um grupo de alpinistas no Tibete, onde alcançou a altitude 5.726 m, estabelecendo assim um recorde mundial entre veículos de rodas. 






Em 2002, a joint venture GM-AvtoVAZ começou a produzir uma versão modernizada do Niva, o off-road Chevrolet-Niva (VAZ-2123). Foi a primeira vez na história da indústria automotiva internacional que um consórcio de automóveis de renome passou a produzir um veículo local sob licença em um país emergente. 






No dia 5 de abril de 2012, completam-se 35 anos do início da produção em série do Niva. Desde seu início, o volume total de vendas do veículo já ultrapassou 2 milhões de carros.





Como vice-construtor-chefe  (1983-1998) e  construtor-chefe (1998-2003) da AvtoVAZ, Piotr Prusov concretizou diversos projetos de destaque em sua vida, deixando sua marca na história da indústria automobilística nacional e internacional. 






Como diretor técnico, Prusov iniciou a produção de automóveis Lada no Cazaquistão e Ucrânia. Desde 2007 ele comanda um grupo de trabalho para a produção de carros Lada e de seus componentes na Tchetchênia. 







Prusov também foi o idealizador e primeiro presidente do Conselho de Construtores-Chefes Automobilísticos da Rússia e da Associação Russa de Engenheiros Automotivos.
.
.
.
Fontes:
www.gazetarussa.com.br
www.press-volga.ru
.
.
.

Um comentário:

Phoenix Lada disse...

Parabéns Grauça, ótima matéria. :D