13 de dez de 2012

Futuro promissor do Lada (Niva) 4x4 no Brasil com o controle da Avtovaz pela Renault e Nissan.



O grupo Renault-Nissan aumentou sua participação na AutoVaz, dona da marca
Lada, e concluiu o processo de aquisição do conglomerado russo. A partir de agora, o grupo Renault-Nissan detém 74,5% das ações.

Estima-se que a negociação tenha custado aos cofres da aliança franco-japonesa 580 milhões de euros (aproximadamente R$ 1,5 bilhão) e seu objetivo é ampliar a presença das marcas no mercado russo.

Para a Lada, a vantagem é ter acesso à tecnologia desenvolvida por Nissan e Renault tais como motores, equipamentos e plataformas.



“O compromisso histórico anunciado hoje é um acordo que beneficia tanto a Renault quanto a Nissan e a AvtoVAZ”, declarou Carlos Ghosn. “Ele inaugura um novo e importante capítulo na história de uma parceria bastante sólida. Esta joint venture permitirá a aceleração de nossa expansão na Rússia, ao mesmo tempo em que sustenta a competitividade da AvtoVAZ, que é líder da indústria automobilística russa.”

“O mercado automobilístico russo está prestes a se tornar o primeiro da Europa, em termos de venda de veículos”, declarou o Diretor Geral da Russian Technologies, Sergueï Tchemezov. “Até 2020, a AvtoVAZ e seus parceiros vão produzir mais de um milhão de carros, dentro dos melhores padrões mundiais. A parceria com a Aliança Renault-Nissan vai permitir criar empregos modernos e bem remunerados em Togliatti e em sua região.”

Com essa ação majoritária da Renault/Nissan acreditam os mais otimistas que o Lada 4x4 (Niva) está bem próximo de retornar ao Brasil.

 Assista ao vídeo:


.
.
.
Fontes:
Auto Esporte
Mercado Russo
Automotive Business
LadaINFO
AutoHoje

Um comentário:

ViTor Maringá disse...

Não sei não... Renault quer nos enfiar o Duster e só