6 de nov de 2014

ABS (Anti-lock Braking System) Test Drive do Lada 4x4 com video (post 1030)


Quando se fala em segurança num automóvel não resta dúvida alguma de que
um dos pontos mais importantes é o seu sistema de freios. Como a tendência atual é de que a eletrônica esteja presente em todos os setores em que ela possa contribuir para um funcionamento melhor, ela também marca sua presença neste importante item, com dispositivos que empregam as mais avançadas tecnologias.
       


Entender a teoria dos freios antitravamento é simples. Uma roda que desliza (a área da pegada do pneu escorrega em relação à estrada) tem menos aderência que uma roda que não está deslizando. Se você já ficou imobilizado na areia, no gelo ou na lama, sabe que se as rodas estão girando em falso, você não tem tração, o carro não sai do lugar. Isso acontece porque a área de contato está deslizando em relação ao solo. Ao evitar o deslizamento das rodas durante a frenagem, os freios antitravamento beneficiam você de duas maneiras: você irá parar mais rápido e será capaz de mudar a trajetória do carro enquanto freia.



O ABS (Anti-lock Braking System) é um sistema de frenagem que evita que a
roda bloqueie e entre em derrapagem quando o pedal do freio é pisado fortemente, evitando a perda de controle do veículo.



Esse sistema é composto por sensores que monitoram a rotação de cada roda e a compara com a velocidade do veículo. Esses sensores medem a rotação e passam essas informações para a unidade de controle do ABS. Se essa unidade detectar que alguma das rodas está na eminência de travar, haverá a intervenção da central em milésimos de segundo, modulando a pressão de frenagem, garantindo assim que a roda não trave e proporcionando uma frenagem mais segura.





Descrição do Sistema


O sistema Anti-Bloqueio (A.B.S.) é formado pelos seguintes componentes:

1) Sensor: Capta a variação da rotação da roda e transmite para o controlador
2) Controlador: Unidade de gerenciamento eletrônico que recebe o sinal enviado do sensor, interpreta e envia a decisão para o modulador
3) Modulador: controla a pressão do circuito hidráulico dos freios em função dos sinais recebidos



Evidentemente, em condições de piso irregular ou mesmo da presença de lama, água ou areia ou gelo é muito difícil para um motorista conseguir dosar a pressão para que as rodas não travem. Muito além do ABS comum, na função off-road é otimizada a ação do ABS especialmente em pisos com cascalho ou arenosos, retardando sua atuação, permitindo que a roda trave por instantes, gerando uma “cunha” de material à frente do pneu, reduzindo a distância de frenagem.



O ABS foi concebido para manter a dirigibilidade em situações de frenagem brusca ou em locais de baixa aderência, seja na neve, areia, cascalho, lama, etc e não para diminuir a distancia de frenagem. A diminuição da distancia de frenagem é um fenômeno que ocorre somente em piso seco. Vale sinalizar que todo carro com ABS vem com uma etiqueta avisando disso.



A ideia de se fazer um sistema de freio capaz de "sentir" quando a roda esta prestes a deslizar, ou seja, quando ocorre o "travamento" não é nova, tendo sido criados sistemas para aviões na década de 50 pela Dunlop.  A maioria dos sistemas criados para esta finalidade era baseado em recursos mecânicos até que a Bosch em 1970 começou a se preocupar em fazer um sistema Anti-Bloqueio que pudesse ser usado em qualquer carro, sem aumento muito grande de seu custo ou que fosse complicado demais.



Os sistemas desenvolvidos pela Bosch receberam então nome genérico de ABS (Anti Blocking System). O primeiro veículo de linha a receber o ABS foi o Mercedes, modelo 1978, e a partir daí muitos outros começaram a ser equipados, inclusive os japoneses que passaram a ter um sistema semelhante denominado ALB.



Os carros que correm na fórmula I estão sendo equipados com um sistema eletrônico que pode ser considerado o "ABS" invertido. Este sistema tem por finalidade também detectar quando ocorre o início do "escorregamento" na hora que o piloto acelera o máximo na largada. Com isso, garante-se a aplicação da máxima potência do veículo para tirá-lo da imobilidade sem que ocorra a derrapagem além de se evitar a perda do controle garante-se uma largada com rendimento total, ou seja, com o máximo aproveitamento do torque aplicado as rodas.

Assista o vídeo: "Lada Niva 4x4 ABS Anti lock Braking System by Grauçá 4x4"       



No Brasil, a partir de 1º de janeiro de 2014 todos os veículos produzidos e vendidos são equipados com freios ABS.





Fontes:

Nenhum comentário: