2 de nov de 2010

Putin oferece controle de fabricante do Lada ao grupo Renault-Nissan




O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, propôs ao grupo Renault-Nissan que assuma o controle da montadora russa Avtovaz, informou o diretor geral da companhia, Carlos Ghosn, citado por agências de notícia russas.

"O primeiro-ministro indicou que não se opõe, que está de acordo que a parte da Renault-Nissan seja ampliada e que possa alcançar 50%", declarou Ghosn, após um encontro em Moscou com Putin.

Primeiro-ministro russo Vladimir Putin examina um carro
na fábrica da montadora Avtovaz, em Togliatti



"É claro que reagimos de maneira positiva a este pedido", indicou, afirmando ter respondido a Putin que a Renault-Nissan pretende "estudar esta possibilidade com os outros acionistas da Avtovaz, Rostejnologuii e Troika Dialog".

Na semana passada, Carlos Ghosn havia falado à rede de televisão "Russia Today" sobre a possível compra de 25% das ações da montadora pertencentes ao banco de investimentos russo Troika Dialog.

Em fevereiro de 2008, a Renault-Nissan adquiriu 25% mais um da Avtovaz por US$ 1 bilhão.

Mas o fabricante do célebre Lada foi arrastado pela crise econômica mundial, e precisou enfrentar uma dívida colossal.

.
.
.
Fonte:
Folha.com
AFP
.
.
.

Nenhum comentário: