14 de out de 2012

900 km de Niva pelo Rio Grande do Sul by Daniel Milke



O Camarada Daniel Milke e sua amada Marcia realizaram uma belíssima viagem com o Niva ano 1992, na época já com mais de 100 mil quilômetros rodados, aconteceu no final de dezembro de 2008.


Daniel nos presenteou com seu relato da viagem:

Niva 1992

"Saímos de Porto Alegre no dia 23 e rodamos cerca de 120km até São Francisco de Paula, cidade turística da serra gaúcha recheada de atrativos naturais, com inúmeras cachoeiras e natureza exuberante. Por lá ficamos na pousada Sítio Água da Rainha, a qual recomendo." 

 Chalé no Sítio Água da Rainha e a neblina ao fundo


 O Niva circulando por uma estradinha de São Francisco de Paula


"Recomendo também o Marcela´s Café & Bistro, excelente local para comer alguma comida bem gostosa. No dia seguinte visitamos a Barragem do Salto e o Parque da Cachoeira, no Passo do Inferno, outro belo local com pousada, camping, cachoeiras e muita natureza, a cerca de 35km do centro da cidade."


 Barragem do Salto


 Ponte no Passo do Inferno


 Vista do Passo do Inferno


Cachoeira no Passo do Inferno. O nome do local parece um pouco injusto...


"Depois de muitas andanças por São Francisco de Paula fomos até Cambará do Sul, por estrada asfaltada e mais 70km. Ficamos na pousada Pôr do Sol e visitamos duas das atrações naturais mais impressionantes que conheço: os cânions do Fortaleza e do Itaimbezinho. Dois lugares lindíssimos, distantes cerca de 20km cada do centro da cidade. O acesso se dá por estrada de chão batido ruim, com muita pedra e barro em dias de chuva, para a alegria de quem tem um Niva... Os cânions valem muito a pena e eu poderia visitá-los sempre."


 Cânion Fortaleza. Há locais com altura de até 900 metros.


Vista do cânion Fortaleza


 Cânion Fortaleza


 A caminho do Itaimbezinho


O fantástico cânion do Itaimbezinho


 Itaimbezinho


 Itaimbezinho. É lindo!


 Mais um pouco do Itaimbezinho.


"De Cambará do Sul fomos até São José dos Ausentes, uma das cidades mais frias do Estado, por longos 51km de estrada de chão bastante ruim, porém com paisagens deslumbrantes. Lá escolhemos como base a pousada Fazenda dos Ausentes, um belo local e com uma história muito rica. Conhecemos o Pico do Monte Negro, um cânion onde se encontra o ponto mais alto do Estado, além de outras belezas naturais da região."


 Uma pausa a caminho de São José dos Ausentes


Pico do Monte Negro


Apreciando a paisagem no cânion do Pico do Monte Negro


 Voltando do Pico do Monte Negro


"Depois de alguns dias conhecendo uma das mais belas regiões do Estado retornamos a Porto Alegre. Rodamos cerca de 900km nessa viagem, aproximadamente metade deles em estrada de chão."


O Nivão velho de guerra durante a viagem!


"Vale mencionar que o Niva se comportou muito bem, sem incidentes e nenhum problema. Esse é o ambiente do Niva, o chão batido, a estrada desafiadora, o caminho difícil para algum lugar compensador!"


Por Daniel Milke

.
.
.
Fonte e Fotos:
Camarada Daniel Milke (hoje com um Niva 98)
.
.
.

Um comentário:

Leo Couto disse...

Show de paisagem. Muita aventura sobre rodas. Parabéns pela eventura. E valeu a dica o local merece ser visitado, já anotei!
Abraço.