1 de ago de 2013

Aroeira "Pau Pra Toda Obra"



Em 2004, chegava o mais novo membro da família de Junim (Zé Rômulo de Araújo Jr.), era o NIVA AROEIRA, apelidado assim por nunca quebrar em
trilhas, e sempre puxar algum companheiro com problemas para o destino final...





O Aroeira sofreu algumas adaptações de sucesso: Amortecedores traseiros CHEROKEE SPORT, Molas traseiras de OPALA, Pivô de D-20, Molas dianteiros PAMPA, retrabalho nos PARA-LAMAS (3 cm). E em breve novas adaptações para torná-lo mais competitivo e mudança de visual.     








O feito mais plausível do AROEIRA foi um 3º lugar no CALANGO TROPHY de 2007, onde desbancou várias viaturas com preparações pesadíssimas. CALANGO TROPHY é uma competição de nível técnico altíssimo em que pilotos de todo Brasil participam













 A história do AROEIRA no CALANGO TROPHY é no mínimo curiosa, pois tudo começou com brincadeiras de “tirações” de sarros e ao mesmo tempo desafiadores, daí, Junim disse que colocaria o AROEIRA na tão temida competição, mas a brincadeira foi ficando séria e então começou a amadurecer e prepara-lo (levemente) para ao menos terminar a competição e sem muita pretensão de ganhar alguma coisa. Então com seu companheiro de equipe (ELDO com seu WILLYS PANGARÉ), se quer tinham feitos trilhas juntos e então decidiram aos "45 do segundo tempo" fazer a inscrição. Deram um show pois no meio de tantos "carrões" com preparações pesadíssimas, foram lá e paparam o 3º lugar, apenas trabalhando no limite do Niva, sem forçar e sem fazer estripulias, foi bonito de ver, conseguiram o apoio da plateia e sempre que entravam em um estágio era certeza de show, viam todos em pé e admirados com estavam vendo, eis que um pequeno NIVA estava dando show meio aos grandes. E no final a grande surpresa, o TERCEIRO LUGAR.











O “AROEIRA” era figurinha carimbada nas trilhas e expedições organizadas pelos JEEP CLUBE TAGUATINGA e JEEP CLUBE DE BRASÍLIA, participou em inúmeros eventos como resgate. E ao final todos perguntavam se as peças de reposição eram caras, e a resposta eram sempre as mesmas: “Não sei, ele nunca quebra". (risos)



Mas um dia (em 2011), essa máxima veio por terra, eis que o AROEIRA despencou e até hoje encontra-se no estaleiro. Foi um grande barranco de mais ou menos uns 5 metros de profundidade, e então que aconteceu a tombada, isso já faz 3 anos, e até então o AROEIRA esta na UTI e esperando o tão esperado renascimento. E Junim adianta que esse mês (JULHO 2013) teve umas conversas com possíveis patrocinadores e se tudo der certo em breve teremos AROEIRA HELLRAISER. Se a parceria der certo, em breve divulgará os nomes dos parceiros.    










Alguns momentos de Junim e o Aroeira com amigos e Jeeps Clubes...























Junim (Zé Rômulo de Araújo Jr.), 34 anos, Agente do Governo de DF, Diretor do JEEP CLUBE TAGUATINGA, nas horas vagas está nas trilhas sonoras com DJ...



















6 comentários:

Junim disse...

Poxa, muito legal a matéria, obrigado pela homenagem.
Em breve o AROEIRA HELLRAISER

Caio Pompeo Alves disse...

Parabéns!!!
Esperamos ansiosos pela volta do Aroeira e do camarada Junim as paginas dos informativos Off Road!!!
Grande abraço
Caio Pompeo (Pantanal - Familia do Niva do Brasil)

santiago disse...

excelente!! :)

Junim disse...

Obrigado Caio. Aguardem e um forte abraço.

jefferson caverna disse...

mto massa

jefferson caverna disse...

amigos comprei um niva a pouco tempo, estou arrumando aos poucos, gostaria de saber onde são os econtros, queria opiniões sobre troca de peças mecanicos etc.