16 de abr de 2011

James May no novo Lada Niva

James May lendo o manual...




"Jeremy Clarkson, que faz de tudo, disse uma vez que um homem de verdade nunca lê um manual de instruções.




Capa da revista inglesa TOP GEAR de janeiro de 2011
"...Realmente muito bom" - comentário de James May
Trechos da revista TopGear (3 páginas)



Outros trechos da revista TopGear (2 páginas)...


Não tenho certeza se concordo com isso. Aposto que os astronautas da Apollo tinham lido alguns manuais de instruções para o Módulo Lunar, e ele vai chamar eles todos de um bando de maricas? Quando se trata de carros, porém, ele pode estar certo. Mesmo muito complicado os carros modernos com seus navegadores e suspensão reconfiguráveis ​​são bastante lógicos, e em qualquer caso, os manuais são tão maciços que você precisa levá-los em férias com você.

James May testando o Lada 4x4


A máquina 1.7




No entanto, correndo o risco de ser tachado de burro, aqui há algumas palavras do manual do proprietário para o carro que eu fui apenas dirigir.
“Puxe a maçaneta para abrir a porta pelo lado de fora. A luz de se acende automaticamente quando a porta é aberta.” Que tal? Ele continua:
“As portas tem encosto de braço. Gire a manivela na porta para abrir o vidro.”
Isto é incrível!




Destacando o retrovisor...



Para quem ainda acha que o comunismo era uma boa idéia, eu apresento a vocês um Lada. A coisa é, isso não é algo que eu peguei em um autojumble (peças de carros classicos na Inglaterra). Eu encontrei-o no porta-luvas de um carro novo (apesar de que está em produção desde 1977) e que está – mais ou menos – à venda na Grã-Bretanha. É o Niva, a palavra russa para o campo de plantação.








Mark Key, passando pelas importações do Niva em um chapéu engraçado russo, acusou-se com a importação deste ícone de excelência do setor automotivo Soviético pela primeira vez desde o início dos anos 90. É seu por um pouco menos de £ 10,000 em vermelho, branco ou azul, e vem com uma garantia de dois anos. Atualmente, o Niva está disponível apenas na opção de quatro lugares ou van. As ferramentas para a versão RHD ainda existe na fábrica, aparentemente, mas que só irá ser retiradas se você colocar uma ordem para 500 ou mais. Mark vendeu até agora seis.

Hoje em dia o Niva  tem sido atualizado conforme os tempos e agora tem injeção de combustível para o motor 1.7 a gasolina, instrumentos modernos e “retrovisores mais aerodinâmicos”. Aqui está uma coisa interessante. Recentemente, Mark, o importador, pegou o seu Niva em um dia de teste organizado por uma revista especializada e, apesar do ceticismo inicial, ele humilhou coisas maiores e mais elaborados.

Isso não me surpreende totalmente. Ele é leve, para começar, pesa 1,210 kg, o que é mais de meia tonelada mais leve que o Defender mais básicos dos anos 90. Considerando isso. Algumas das fotos que você vê aqui foram retiradas da parte tras de um enorme Nissan Pathfinder, e havia ficado varias vezes atolado em nossa fazenda, mas o Niva saltou como uma cabra. É fácil de dirigir e tão facil de escapar de armadilhas como a maioria das pessoas deseja."


James May equipe TopGear

.
.
.


fontes: 
Por: James May
Fotos: Justin Leighton

Tradução: Leo

Este texto foi originalmente publicado na edição de janeiro da Top Gear magazine

Nenhum comentário: