14 de abr de 2011

Lada Niva, Amor a primeira vista...

Depois que o Professor Universitário e Analista de Projetos Renato Daniel vendeu seu confortável Ford Ecosport, sofreu muitos dias sem um conforto de um carro... Belo dia indo para o trabalho deparou-se com um carro vermelho, alto e meio estranho, que estava à venda por apenas seis mil reais... “...seis mil reais?!... Que carro é esse?!...”
“...fiquei maluco, nunca tinha visto um carro como aquele, não tinha adesivo e nem plaquinhas informando o nome e o modelo, a única coisa que estava escrito era MOLEZA...”



Após a primeira reforma...



Comentara com um amigo sobre o carro depois de descobrir a marca e o modelo, Lada Niva.  “...me disse coisas horríveis sobre o carro, mas não teve jeito, foi amor a primeira vista...”  Uma semana depois do primeiro encontro estava na garagem do Renato.
Logo no primeiro dia que foi ao trabalho com o Niva ficou na mão em plena Marginal Tietê – “...gerei um trânsito enorme, todos que passavam por mim me xingavam e dizia para eu comprar um carro...”  relata Renato.


Embarcando para casa após primeira trilha...


Sem medo resolveu encarar o problema de frente, afinal se tratava de um amor a primeira vista e não seria aquele pequeno problema que lhe faria desistir assim... “...procurei especialistas em NIVA, tirei todos os vazamentos de óleo, troquei o carburador original que bebia muito, por um carburador weber 460, deixei a mecânica impecável fiz uma revisão geral em seu sistema de tração, redução, bloqueio e o cambio, troquei a embreagem refiz o sistema de freio sempre mantendo a originalidade, depois de toda a mecânica ficar em ordem procurei um funileiro e pedi para ele tirar um amassadinho da porta, acabei fazendo a funilaria inteira, ficou lindo...” descreve o apaixonado.


Reforma dos bancos dianteiros...


E traseiros revestidos em couro...

Então Renato empolgado fez mudanças internas também pensando no conforto, refez toda a tapeçaria interna, piso com carpete, revestiu os bancos em couro, também nas laterais e o forro do teto...  “...o Niva de fato não era mais o mesmo e o meu amor então foi só aumentando...”


Totalmente equipado para offroad...


Motivado, decidiu então equipá-lo com som com DVD, TV Digital, GPS integrado, Bluetooth, câmera de ré, tudo de primeira.  Como se não bastasse decidiu deixá-lo com mais cara de off-road, o Niva ganhou um pára-choque de impacto, guincho elétrico com controle remoto, estribos laterais e bagageiro com quatro faróis de milha, e mais dois no pára-choque, aumentou as suspensões dianteira e traseira, adicionou acessórios, tais como um machado, uma pá no bagageiro, inclinometro, e rádio PX.


Roda da F 1000 com pneus 245x75/16


E com todos esses acessórios só faltava mesmo uma trilha para batizar o antigo Moleza em Niva “RELOADED”.


“...tudo pronto resolvi encarar a primeira trilha, tudo era novo, era tudo novidade, eu nunca tinha feito uma trilha com nenhum outro carro, era uma loucura, cada obstáculo superado era uma alegria inenarrável, havia um corredor de lama, logo lembrei o motivo do qual que eu estava ali, era o dia do batismo do meu batismo e do Reloaded, não pensei duas vezes, entrei forte na lama com água, barro até a porta e não deu outra, o Moleza ficou atolado no meio atrapalhando todos, algumas pessoas diziam para eu comprar um jeep e que ali não era lugar para Niva, mas de fato aqueles não era jeepeiros de verdade...”


Na saída do perrengue...

...apareceu um jeepeiro para ajudar, pois eu era um aspira, um novato sem nenhuma trilha offroad no currículo, o cara entrou na lama, literalmente, amarrou no jeep dele e me tirou de la, ainda desmontou e limpou meu carburador para que o carro voltasse a funcionar, tudo isso com apenas uma chave de fenda e um alicate, esse cara é ou não é um verdadeiro jeepeiro?...” relata Renato.


De volta pra casa...




Mas isso não foi o suficiente para o Moleza voltar para casa, sem força e parando a todo instante, teve que embarcar num guincho de volta a São Paulo, pois estava a mais de 100 km de sua casa...

Detalhe do forro do teto...

Carro quebrado, sem funcionar, naquele instante bateu um  arrependimento momentâneo no Renato, mas como se tratava de “amor a primeira vista”, ele não pensou duas vezes mandou o carro novamente para a mecânica especializada Lada e fiz o que tinha que ser feito, retificou o motor inteiro, todo com peças originais, então passou de 1.6 para 1.7, e hoje o antigo Moleza está novamente amparado não só com uma motorização nova e zerada, mas também com um porte mais agressivo.

Ganhou um jogo de rodas e pneus novos e com isso se faz justo o novo nome de NIVA Reloaded, o NIVA Recarregado.




“Ah... Aquele meu amigo que achava que eu estava maluco por ter comprado um NIVA, hoje ele tem certeza! O Niva Reloaded, já esta quase no valor do antigo Ford Ecosport vendi...”


Niva Reloaded




Detalhe da pá de camping...

Machado também como acessório...

Amor a primeira vista...




Motorização:
Motor 1.7 original – 0 Km com carburador weber460, gasolina. (Já aprovado no
controlar - SP ), ignição elétrica, cambio, tração, redução e bloqueio estão ok.
Embreagem nova.


Suspensão:
Inteira revisada, substituição das molas traseiras, substituição de 10 buchas da barra traseira (anti-ruído), amortecedores traseiros recondicionados, kit para levantar a suspensão. Braço de direção dianteiro novo, pivôs dianteiro novos.  Coifas e homocinéticas novas.


Freios:
Sistema de freio original (novo) trocado cilindro mestre, disco e pastilha dianteiro e traseiro foi trocado a lona e panela junto com os cilindros.


Lataria:
Em excelente estado, pintura recente (cor vermelha) com teto (cor branca) estilo Land Rover, borrachão nas laterais originais, puxador da tampa traseira (novo) e original, mais adesivos.


Estofamento:
Tapeçaria inteira nova, com os bancos traseiros e dianteiros originais em couro, assoalho revestido inteiro com bate pedra e manta térmica isolante coberto por inteiro com acabamento em carpete (cor preta), o forro do teto inteiro novo (cor branca).


Assessórios:

  •  Bagageiro tipo cestinha com 4 faróis de milha; (Marca Maceral)
  • Estribo latera;l (Marca Maceral)
  • Pára-choque de impacto com mais 2 faróis de milha; (Marca Maceral)
  • Guincho elétrico com controle remoto puxa até 1300 kilos;
  • 1 farol de milha no pára-choque traseiro auxiliando a Ré;
  • Gancho de escora frontal;
  • Kit anti-vibração; (na caixa de trasmissão)
  • Alarme positron com 2 controles remoto um de alarme e outro de presença;
  • Trava elétrica;
  • Inclinometro;
  • Câmera de Ré;
  • Som AM,FM Touch Screen com 18 canais de memórias CD/DVD/GPS/USBMP3/Bluetooth integrado e TV Digital, com 4 alto falantes e 2 twiters,
  • Radio Amador PX faixa do cidadão 40 canais, Antena maria-mole;
  • Uma pá (Camping) - Preso com suporte removível na lateral do bagageiro;
  • Um machado de navio/bombeiro – Preso com suporte removível na lateral do bagageiro;
  • Jogo de Rodas da F1000 aro 16 de ferro (nova) com pneus Bottas modelo goiano 245x75x16;
  • Alargador de pára-lamas;
  • Mais um jogo de rodas originais com pneus para rodar no asfalto.

Revisados na Status Lada (http://www.statuslada.com.br/)
.
.
.
.

Fonte e Créditos:

Renato Daniel
.
.
.
.

6 comentários:

Leo Couto disse...

Parabéns pelo carro. Sua história é similar a minha vivida quando adquiri meu ex niva. Lendo seu relato recordei das primeiras experiencias vividas com o carro. E até comentários de que o niva não era carro também ouvi, e isso me deixou puto e foi até motivo de desentendimento. Não não fui muito a fundo nos quesitos tecnológicos dvd e demais itens. Procurei sempre manter a originalidade. Boas trilhas. Abraços.

Fábio José disse...

Parabéns pelo seu Niva, belo trabalho.... Niva é paixão, percebi logo após comprar o meu.... que inda tem bastante coisas pra fazer, mas niva é niva... grande abraço...

daya nne & vinicius disse...

vendo carburador do lada niva original
tenho um do lada laika tambem vou vender barato aceito proposta estou em goiania mando fotos por email ( viniciuss.10@hotmail.com

Zagaia disse...

Show de bola seu Niva. Muito bom gosto com grafismo e acessórios na medida certa. Eu colocaria um snorkel, fará falta em trilhas mais pesadas e a falta dele provavelmente foi o que te fez retificar o motor.

A história é ótima. Todos nós que possuímos algum tipo de carro "diferente" passamos pelo julgamento dos certinhos. Mas a vida é curta e la na frente você vai dizer que curtiu um Niva equipadão cheio de história, e o Zé Mané, dirigiu o fiat Palio bonitinho dele todos os dias para o trabalho. Viva a diversidade!

bjpatrussi disse...

Meus parabéns, pelo niva e sua história, a minha também não foi muito diferente e sei muito bem como é amor a primeira vista, essa dura para sempre a minha já tem mais de 11 anos e parece que foi ontem que tudo começou! Abs.

Devil Lemon disse...

Maravilha de Niva,o mais bonito que ja vi,estou querendo adquirir um Niva tbm,e fico pensando nessas coisas tbm,vou la olho outro carro,tipo Suzuki(Vitara,Samurai,Jimny)pois todos falam que são melhores,mas qdo vejo as fotos do Niva que quero comprar até abro um sorriso olhando para elas.